CREATINA, BCAA E SEGURANÇA CARDIOVASCULAR

  • 23 November 2016
  • admin

Conforme o prometido, vou tentar resumir alguns pontos discutidos na Jornada Socerj de Nutrição em Cardiologia. 

Ambas as substâncias não estão diretamente associadas a risco cardiovascular, especificamente. Entretanto, devem ser utilizadas apenas mediante indicação de profissional, após criteriosa anamnese e/ou avaliação clínica.
Vale destacar também que os estudos em geral são conduzidos com pessoas saudáveis e que não estejam em uso de nenhum fármaco ou outros suplementos, ou seja, nem sempre é possível extrapolarmos os achados para a "vida real".

Um adequado aporte proteico pode associar-se à perda de peso, o que refletiria indiretamente na proteção cardiovascular. Mas será que você precisa necessariamente dos BCAAs? Em geral, não. O mais importante parece ser uma adequada distribuição de refeições ricas em proteína ao longo do dia e/ou a opção por proteínas ricas nesses aminoácidos. 

Saindo um pouco da abordagem cardiovascular, existem inúmeras publicações que sugerem a segurança da Creatina quanto à função renal. Entretanto, eu procuro estimular que ainda sim ponderemos sobre os resultados de exames dos nossos clientes. Eu já desaconselhei o uso, por exemplo, para um atleta levantador de peso olímpico o qual apresentava níveis muitíssimo elevados de Creatinaquinase. Também não acharia prudente recomendar a Creatina para um usuário de esteroides anabolizantes com Hepatograma alterado... 

QUE A PRESERVAÇÃO DA NOSSA SAÚDE SE SOBREPONHA A QUALQUER OBJETIVO ESTÉTICO! 

Deseja iniciar qualquer suplementação? Marque antes uma consulta com Nutricionista e treine com dedicação para alcançar seus objetivos, pois não existe "pozinho mágico"!

Até a próxima!