O perigo da suplementação protéica sem acompanhamento

  • 8 April 2015
  • Leticia Azen

Estes dias atendi um homem de 58kg, com baxíssimo percentual de gordura, amador no ciclismo. Por orientação dos amigos, para conseguir ganhar peso, estava consumindo após os treinos e como um lanche consumia Whey Protein diluída em água, totalizando cerca de 90g de proteína na forma de suplemento.

Ao longo da anamnese descobri que ele havia tido fortes e recentes cólicas renais e ele me indagou sobre uma possível relação entre a elevada ingestão de proteína e a formação destes cálculos… O que vcs acham? Eu disse que acreditava SIM nesta relação, visto que ele estava consumindo uma quantidade diária de 3,6 gramas de proteínas para cada quilo de peso corporal (enquanto que as recomendações para praticantes de atividade de endurance não ultrapassam 1,7g/kg/dia). Entretanto, estou certa da existência de uma predisposição genética e que este quadro foi possivelmente deflagrado também devido a uma reduzida ingestão de líquidos, frequente ingestão de refrigerantes,…

Neste caso não me preocupei apenas com a elevada ingestão de proteína, mas também por ter refletido no quanto existem pessoas expostas a riscos devido a adoção de orientações não especializadas. Além disso, para pessoas que desejam ganhar peso existem suplementos muito mais específicos do que a Whey Protein (especialmente diluída apenas em água),…

CUIDADO! AO ADQUIRIR SUPLEMENTOS SEM ORIENTAÇÃO SEUS OBJETIVOS PODEM NÃO SER ALCANÇADOS E SUA SAÚDE PODE ESTAR EM RISCO!

Marque uma consulta com um Nutricionista.
Um abraço e até a próxima